Comportamento

Especial Setembro Amarelo: Contagem Regressiva

flower-2292120_1920

Uma saudade. Duas garrafas de vinho. Três horas da manhã. Quatro letras na cabeça. Cinco centímetros do telefone. Seis frases ensaiadas. Sete respirações fundas. Oito dígitos. 9832-39…número decorado. Dez toques: caixa de mensagem. Onze passos até a janela. Doze luzes acesas. Treze pingos no vidro. Catorze promessas a si mesmo. Quinze frustrações. Dezesseis livros na estante, escolha aleatória. Dezessete é a página. Dezoito a linha: “Verifico que, tantas vezes alegre, tantas vezes contente, estou sempre triste”, Fernando Pessoa, Livro do Desassossego. Dezenove alternativas: desistir, dormir, esquecer, matar, sonhar, ligar, ir, deixar, parar, insistir, escrever, dançar, ler, vomitar, mudar, fugir, comer, tocar. Morrer. Vinte, faixa 20 do álbum “Como dizia o poeta” de Vinicius de Moraes, “Soneto do amor total”: “Amo-te afim, de um calmo amor prestante e te amo além, presente na saudade. Amo-te, enfim, com grande liberdade. Dentro da eternidade e a cada instante”. Vinte e um toques no piano. Vinte e dois, a data no calendário. Vinte e três, a temperatura. Vinte e quatro as vezes que olhou o celular. Vinte e cinco, a idade. Vinte seis as pétalas arrancadas das flores da mesa de centro: mal-me-quer. Vinte e sete, o número de andares. Vinte e oito os dias de solidão. Vinte e nove os segundos até o chão.

Trinta, os que choram no enterro.

Você sabia que:

  • o suicídio de jovens cresce de modo lento, mas constante no Brasil: dados mostram que, em 12 anos, a taxa de suicídios na população de 15 a 29 anos subiu de 5,1 por 100 mil habitantes em 2002 para 5,6 em 2014 – um aumento de quase 10%.
  • o Brasil é o oitavo país com maior número de suicídios no mundo, segundo ranking divulgado pela OMS (Organização Mundial da Saúde)
  • Segundo especialistas, o problema é normalmente associado a fatores como depressão, abuso de drogas e álcool, além das chamadas questões interpessoais – violência sexual, abusos, violência doméstica e bullying.
  • silenciar sobre suicídio não ajuda a combater o problema. Por muito tempo não se tratou abertamente do tema por medo do chamado “Efeito Werther” – a ideia de que falar do assunto poderia inspirar ondas de casos por imitação.
  • mais de 800 mil pessoas cometem suicídio por ano no mundo. Isso representa uma morte a cada 40 segundos.

Indícios:

Na maioria das vezes, as pessoas que se suicidam mostram um ou mais destes sinais de aviso antes que tomem medidas, fique atento:

  • Falando sobre querer se matar, ou dizendo que eles desejam que eles estivessem mortos

  • Procurando uma maneira de se matar, tais como remédios ou compra de uma arma

  • Falando sobre um plano específico de suicídio

  • Sem esperança ou não ter nenhuma razão para viver

  • Se sentindo preso, desesperado ou sem saída para escapar de uma situação intolerável

  • Tendo a sensação de ser um fardo para os outros

  • Se sentindo humilhado

  • Com intensa ansiedade e/ou ataques de pânico

  • Perdendo o interesse em coisas, ou perder a capacidade de sentir prazer

  • Insônia

  • Tornando-se socialmente isolado e retirado de amigos, família e outros

  • Facilmente irritável ou agitado

  • Mostrando raiva, ou falando sobre busca de vingança  por se sentirem humilhados ou rejeitadas

Caso conheça alguém que apresente sinais de depressão ou tendências suicidas, ofereça e procure ajuda especializada. Esteja atento aos seus.

Dados: BBC Brasil 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s