Literatura

Bienal do Livro do Rio de Janeiro 2017 – o que esperar

Dia 31 de agosto começa a 18ª edição da Bienal  internacional do Livro do Rio de Janeiro. A feira promete movimentar a cidade do Rio de Janeiro nos próximos dias e atrair uma multidão ansiosa por estar perto dos seus ídolos da literatura.  Pra quem quer saber o que esperar da Bienal do Livro, preparamos uma lista com alguns destaques da programação por temas. Confira:

Booktubers

Pam Gonçalves

A galera que fala sobre livros no youtube tem ganhado cada vez mais reconhecimento e respeito no mercado editorial, afinal, são formadores de opinião. Se o seu objetivo é  ouvir de perto o booktuber que você acompanha, estarão por lá a Gisele Eberpacher (Novos Canais Literários  – 03/09 – 12h) e  a Pam Gonçalves (Uma viagem inesperada – 10/09 – 18h) n programação oficial.

Muitos booktubers estarão circulando pelos corredores da Bienal e participando de eventos promovidos pelas editoras, excelentes oportunidades pra trocar uma ideia com pessoas que gostam de ler o mesmo que você.

Campeões de Vendas

Mario Sérgio Cortella

Entre os popstars da literatura brasileira, os destaques vão para Mario Sergio Cortella (Cidadania, só que não! – 01/09 – 17h30), Leandro Karnal (A pós-verdade: fatos e narrativas – 09/09 – 17h) e Marcelino Freire ( Concordância de Gêneros – 08/09 – 17h).

Para a galera mais jovem, as bestsellers Larissa Manoela  e Talita Rebouças ( Falando sério Larissa Manoela – 05/09 – 12h) vão estar juntas em uma mesa que promete ser uma das mais disputadas da Feira, principalmente por ser um dia muito frequentado pelo público escolar.

Entre as atrações internacionais, Paula Hawkins ( Em novos caminhos – 01/09 – 15h30), autora do livro A Garota do Trem, fala sobre seu grande sucesso e várias autoras dos young adults mais queridinhos do momento també estarão presentes.

Destaques da Flip

Alberto Mussa

Alberto Mussa

Pra quem perdeu a oportunidade de conhecer e ouvir alguns grandes autores na FLIP, a segunda chance é esta. Alberto Mussa (Literatura e História – 06/09 – 19h30),  Luis Antonio Simas  (100 anos de samba – 08/09 -19h30 ) e Lilia Schwarcz( Lima Barreto – 02/09 – 17h) estarão por lá.

Mas o destaque é a presença de Dona Diva Guimarães, professora que emocionou o público da Flip com seu depoimento e estará em mesas de debates sobre o poder transformador da leitura ( Como a leitura transformou a minha vida – 02/09 no estande da Harper Collins e Publishnews) e educação (Educação e futuro: experiências de inovação na educação no Brasil – 05/09).

Jornalismo Cultural

Edney Silvestre

Jornalistas escritores também terão espaço na programação desse ano. Edney Silvestre (Assista a esse livro – 06/09- 11h) fala sobre o papel da TV no acesso a grandes obras literárias, André Trigueiro (Futuro Sustentável – 07/09 – 19h30) debate a crise ambiental e Arthur Xexéo, Joaquim Ferreira dos Santos e Patrícia Kogut ( Histórias da TV e Sociedade – 09/09 – 19h30) batem papo sobre a mídia televisiva e seus grandes personagens.

 

Feminismo

Jarid Arraes

Com uma mesa especificamente voltada para o feminismo, a Bienal aposta no empoderamento feminino e no potencial do ativismo digital. Fernanda Young, Clara Averbuck, Jéssica Ellen e Jarid Arraes ( Feminista: a novidade – 07/09 – 15h) conversam sobre o tema e deve abordar também o estupro sofrido por Clara nos últimos dias.

Várias outras escritoras da programação oficial se reconhecem como feministas, então podemos esperar que  o tema volte a ser destaque em outras mesas, como a jovem Maisa Silva (Crescendo com a mídia – 02/09 – 12h30) que tem agitado as redes sociais com suas declarações.

Literatura Erótica

Abbi Glines

Não vai faltar atrações para as fãs de literatura erótica e soft porn. Com o público majoritariamente feminino, a Bienal aposta também em escritoras abordar o tema na feira. Abbi Glines (Vivendo um romance – 03/09 -14h), norteamericana autora da série de romances eróticos Rosemary Beach, estará conversando com os fãs brasileiros.

Além disso, Leusa Araújo e Ronaldo Bressane ( Erotismo e Literatura -05/09 – 15h) aprofundam a discussão sobre o tema.

Literatura de Autoria Negra

Martinho da Vila

O que tem movimentado o universo literário esse ano é a presença negra na literatura. A Bienal também entrou no clima e promoverá uma mesa específica sobre isso, com a presença de Martilho da Vila, Muniz Sodré e Maurício Pestana ( Vestindo a mesma pele – 04/09 – 18h30), todos eles escritores e intelectuais que vale a pena conhecer.

Além dessa mesa, a programação oficial também destaca a produção negra na mesa Correndo Atrás, da Arena #sem filtro, com participações de Hélio de la Peña, Lelezinha e o cineasta Jefferson Dê ( Correndo Atrás – 03/09 – 19h).

 

 Literatura Infantil

Ana Maria Machado

Ana Maria Machado

Como sempre, a Bienal destaca a programação infantil com a presença de autores consagrados. Ana Maria Machado ( A utilidade do inútil – 02/09 – 15h), Ziraldo (Bate-papo com Ziraldo – 01/09 – 11h),  Maurício de Sousa ( Uma viagem inesperada – 10/09 – 18h)  e Pedro Bandeira ( Novidades e Melodias – 07/09 – 14h) estarão na programação oficial e em várias programações paralelas para a alegria de crianças de todas as idades.

 

 

Política

Fernando Gabeira

A pauta política também chegou à Bienal, e Fernando Gabeira e o procurador Deltan Dallagnon (A Lava-jato  e a democracia brasileira – 02/09 – 19h30)  debaterão sobre rumos da operação Lava-jato. O deputado Alessandro Molon ( Reforma política sim, mas qual? – 03/09 – 14h) é um dos debatedores de política na tarde de domingo.

 

 

Sucessos do Youtube

Kéfera

Kéfera

Com milhões de visualizações, os sucessos do youtube também estarão na programação jovem da Bienal. Na programação da Arena #semfiltro, será possível ver e interagir com RezendeEvil ( Uma partida com RezendeEvil – 06/09 – 17h); Raony Phillips (Girls in the ao vivo! – 09/09 – 17h) e Kéfera ( Kéfera: mudando de assunto – 07/09 – 12h).  Além da programação oficial, vários youtubers estarão circulando pela feira e participando de programações paralelas organizadas pelas editoras.

Malena Nunes  (Game é coisa de menino? – 02/09 – 19h), detentora de mais de 4 milhões de inscritos em seu canal do youtube, mostra a influência crescente  da participação feminina no mundo dos games.


Em um evento com as proporções da Bienal, a diversidade é o segredo do sucesso.  A programação oficial está dividida em diversos temas, agradando o grande parte do público leitor. E como todo grande evento, a programação paralela também está muito interessante. Vale a pena circular pelos estandes das editoras enquanto espera o horário da sua atração favorita. E caso não consiga a senha, esteja preparado para conhecer novos autores por lá.

Categorias:Literatura

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s