Poética

Meninice

No jardim iluminado pela luz do sol, ela impera. Rainha da meninice, do sorriso fácil, do olhar curioso. Com os pés descalços e os cabelos soltos aproveita a tarde fresca, sente a brisa suave a bater na pele, insistente. Um arrepio a invade…

Nas pontas dos pés rodopia feito uma bailarina, graciosa, envolta pelas flores, rodeada pela luz dourada do entardecer. Desequilibra e cai no riso, mostrando dentes branquinhos dentro da boca vermelha. Morde os lábios carnudos, levantando-se, a contemplar uma borboleta.

Livre ela segue, encantando-se com pequenas coisas e sempre atenta ao milagre da vida. Renova suas energias tocando o chão de terra e sorri com os olhos ao contemplar as flores agitando-se ao vento. As mãozinhas pairando no ar, os pezinhos aqui e ali. Toda ela. Toda única.

O sorriso inocente revela a criança que teima em ficar, enquanto sua força e coragem refletem a adolescência que chega veloz. Sua morenice brilha ao sol enquanto ela observa os dentes-de-leão desmancharem-se ao vento. E ela transforma-se em música, em poesia, deixando um sorriso no rosto de quem a vê; beleza de dar arrepios, força que inspira, liberdade que teima a ficar no pensamento…

dandelion-2338138_1920

Categorias:Poética

Marcado como:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s