Poética

Carta: amor de irmãos

Meu amor,

Há 12 anos você nasceu e um amor incondicional cresceu em meu coração. Eu tinha 13 anos, era sozinha, calada e filha única, mas você chegou e encheu minha vida de amor; ganhei o melhor presente que a vida poderia me dar: você, meu irmão.

Eu não sabia cuidar de bebês, mas aos poucos mamãe foi me ensinando a cuidar de você, trocar de roupa, dar banho e, principalmente, te entender. Foram anos acompanhando de perto o seu crescimento, rindo das coisas que você falava (com aquela inocência deliciosa de uma criança descobrindo o mundo) e anos te carregando no colo, mesmo quando você já estava grande – eu sempre dava um jeitinho, né? Acho que foi um dos períodos mais deliciosos da minha vida; voltei a ser criança várias vezes por sua causa, fazia palhaçadas e brincadeiras para arrancar gargalhadas suas e descobri como é maravilhoso e forte o amor de irmãos. Eu nunca senti um amor tão grande em toda a minha vida.

20731504_1497802736949475_1412527611_n

Você trouxe tanta alegria para o meu mundo, gordinho! Nós rimos, brincamos, bagunçamos tanto, e isso acontece até hoje, mesmo você não sendo mais criança. Porém, aos meus olhos você ainda é meu irmãozinho, aquele bebê gostoso que eu adorava carregar, mas a verdade é que você já é um mocinho que está quase do meu tamanho. Você cresce e aprende cada dia mais e eu me sinto privilegiada por ter acompanhado cada fase da sua vida, mesmo quando eu morava em Campinas, um pouco longe de você.

Você não cabe mais no meu colo, mas está inteirinho dentro de mim; te levarei comigo para qualquer lugar que eu vá e seu rosto lindo sempre estará marcado em mim: seus olhos verdes tão brilhantes, suas sardinhas cobrindo o rosto, cada pedacinho seu. Eu estarei ao seu lado para sempre, meu mocinho. O meu maior desejo é que você cresça com saúde, tratando a todos com gentileza e respeito; que você seja um homem tolerante e sensato, dedicado e estudioso e que nunca te falte apoio; quero que você entenda que as derrotas fazem parte da vida e são essenciais para a conquista de algo importante. Saiba que se um dia você se sentir perdido, a Tha estará ao seu lado para te orientar.

Feliz aniversário, meu amor! São 12 anos de muitos beijos, abraços e mordidas (ops! são de amor!), algumas brigas (nunca duravam muito tempo…) e gargalhadas; de seu choro quando eu ia embora para Campinas e do melhor abraço apertado do mundo quando eu voltava. São 12 anos de diversos apelidos esquisitos, os nossos favoritos! Uma dúzia de anos sentindo o amor mais forte por uma vida que eu vi nascer e crescer. Você é minha luz, meu gordinho, meu dodô; você é o amor da minha vida. Eu te amo, meu amor. Profundamente e sempre mais. Seja feliz!

Da sua irmã bobona e babona,

Thatha.

Categorias:Poética

Marcado como:, ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s